Veado parado, exercício físico dobrado

 

Estava o monologayro (monologador + gay + blogueiro) em seu lugar e veio a inspiração lhe incomodar. Incomodar? SIM! Inspiração só é boa quando vem de algo que não machuca e nesse caso posso dizer que essa foi péssima. Comecei a pensar no passar do tempo e em tudo que passa com ele. O tempo passou, meses passaram e algumas coisas se foram e outras ficam. Dizem que o tempo cura tudo, mas pra mim é baboseira. Tem coisas que ficam sem explicações e nada nem ninguém pode substituir ou curar. Ao menos é o que penso hoje.

Se foram as promessas de um amor eterno, as noites mal dormidas de prazer inesquecível, os passeios no Porto Verde, as discussões toscas sobre qual filme levar para assistir, as ligações (manhã, tarde e noite) que podem até enjoar mas são uma forma de expressar “eu ainda me importo”, as brigas por “pra onde ir”, as preocupações pelas saídas separados (e o mundo perigoso lá fora) … foram tantas coisas que passaram que tu chegas em um dado momento e diz: – Porra, parem de me pedir pra esquecer em três meses os quase três anos que tenho pra lembrar. Mas não, todos continuam dizendo que a vida continua e que se deve ser forte. Posso ir ali no travesseiro chorar mais um pouquinho pois ainda não passou? Posso. Mas ainda assim, ainda não tendo encontrado a vacina da cura, eles estão certos. Daí é momento de reavaliar o que ficou e parar de pensar no que já foi. Já era!

Ficaram as boas lembranças, ficaram as coisas toscas e intimas que a gente lembra e ri (sem sentir vontade de chorar), ficaram as conquistas e aceitações pessoais de ter encarado o mundo todo pra dizer: – Hey, eu tô amando esse cara, me respeitem pois eu peito o que vier! Ficou tudo que te transformou nesse tempo, aquela vontade de fazer mais por ti mesmo e de acordar a cada dia, nem que seja só pra esquecer o que foi.

Enfim, coisas vão e coisas ficam. Só a gente que não pode ficar parado não é?! Afinal veado parado não perde calorias e um gay fora de forma… que os Deuses me livrem!

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: